[crítica] A Rede Social

A Rede Social (The Social Network), baseado em fatos reais e no livro “The Accidental Billionaires” escrito por Ben Mezrich, conta como Mark Zuckerberg teve a genial idéia da criação do Facebook, quando ainda era estudante em Harvard, considerada hoje a maior rede social da atualidade, e o Facebook o tornaram o mais jovem bilionário da história, dirigido por David Fincher (O Curioso Caso de Benjamin Button, Clube da Luta e Seven).

Ligeiramente numa noite de outono em 2003, Mark, um gênio em programação de computadores, após problemas com sua namorada, senta em seu computador e acaba derrubando a rede de computadores de sua faculdade.

A partir daí começa a trabalhar em uma nova idéia, juntar o furor dos blogs e da programação, com uma ferramenta onde as pessoas possam demonstrar seu perfil social com realidade e naturalidade, trazendo aspectos do seu cotidiano e as suas aspirações sociais.

A Rede Social de Mark (Jesse Eisenberg) na realidade do filme é mínima, mas ele consegue a façanha de ser popular chegando aos 500 milhões de amigos (usuários do Facebook atualmente), claro que com alguns inimigos, entre eles o co-fundador do Facebook, o brasileiro Eduardo Saverin (Andrew Garfield) “Wardo”, os gêmeos Winklevoss e Divya Narendra (interpretado pelo britânico Max Minghella) mostrando todo o processo judicial durante o filme.

Numa narrativa super ligeira graças aos diálogos dinâmicos e inteligentes do roteirista Aaron Sorkin (West Wing), uma música integrada, direção impecável, e atuações a altura dos personagens reais, e destaque para o trio principal, Justin Timberlake (Sean Parker), Jesse Eisenberg e Andrew Garfield.

A trama traz a percepção do caráter dos personagens sempre duvidosa e um espírito de que o Facebook inicialmente era voltado apenas para elite, àqueles clubes privados de universidades da yve league, mas como tudo que perde o controle do criador acaba na boca da massa pelo desejo de consumo popular.

A rede deve preparar seu fluxo porque o Facebook ganhará muito com umas das melhores adaptações cinematográficas de biografias pro cinema na atualidade.

http://saladadecinema.com.br/2010/12/03/a-rede-social/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s