[crítica] Larry Crowne – O Amor está de volta

Tom Hanks tem mesmo visão. Não importa se sua nova empreitada é uma comédia romântica com sua amiga e atriz talentosa, Julia Roberts. Larry Crowne traz o retrato de uma sociedade americana com novos desafios, dessa vez a crise traz um cenário diferente na vida de um ex-militar da marinha, ao perder seu emprego por falta de qualificação e formação acadêmica.

Desafio lançado, o personagem de Hanks corre atrás do tempo perdido e se inscreve em uma faculdade comunitária em busca de qualificação, com novos companheiros de escola, sejam eles simpáticos ou não a primeira vista.

O filme tem um desenrolar calmo, através das aventuras do solteirão de meia idade, que perde sua casa na hipoteca, muda de rotina com a perda dos bens e da moradia. Mas traz também diversão, com uma turma, quase gangue de descolados de moto do qual ele faz parte.

Julia Roberts entra em cena com mais um personagem meio caricato meio mal humorado impulso, na pele da professora de discurso. As críticas estão no filme, seja ao estado, com uma leve bofetada aos bancos, economia, sistema, diferenças de idade, racial e a própria situação do Estados Unidos hoje. Claro que com humor, Larry Crowne nos conquista através da interpretação de Hanks e perde um pouco no ritmo, mas mostra que as comédias românticas americanas podem seguir um novo caminho, seja ele mais politizado ou até critico.

http://saladadecinema.com.br/2011/09/12/larry-crowne-%E2%80%93-o-amor-esta-de-volta-critica/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s