Alice na HBO

A nova produção da HBO e Gullane Filmes destacam novos talentos e traz São Paulo em destaque.

Depois das bem sucedidas Mandrake e Filhos do Carnaval a HBO Séries com produção da Gullane Filmes trás a estréia da série Alice que aconteceu no dia 21 de setembro pelos canais HBO, passada na cidade de São Paulo, a série aborda os migrantes de outros estados e suas reações e interações na metrópole paulista.

Alice, também o nome da personagem principal, traz Andrea Horta, estreando no papel da protagonista na série, além de novos e grandes atores do cenário brasileiro.

Entre eles Vinícius Zinn, brasiliense de 26 anos, destaque no filme de Chico Teixeira, “A Casa de Alice”. Coincidência ou não Vinícius emplaca mais um trabalho na série Alice, e nós do Gossip conversamos com ele sobre seu personagem Nicholas, a série, cinema brasileiro e sobre outros assuntos na entrevista abaixo.

Em uma noite de frio no Itaim, Vinícius se encontrou conosco no Botequim do Hugo, localizado no próprio Itaim, bairro onde mora há seis anos.

Gossip: Vinícius, como surgiu o convite para a série?
Vinicius Zinn: Após o filme “A Casa de Alice”, voltei a estudar teatro e fui convidado para fazer um teste da série, acabei fazendo vários testes e depois de cinco meses fui chamado para o papel de Nicholas.

G: Conte-me um pouco sobre a série e seu personagem.
VZ: Nicholas é um migrante como Alice, vindo de Goiânia. Há seis anos em São Paulo, trabalha com entretenimento, produtoras e em festas, como a ocasião em que conhece a personagem de Andréia Horta “Alice”. Acabam virando amigos íntimos e ele se torna uma espécie de protetor da personagem. A série trata de várias pessoas que têm histórias parecidas com a de Alice, onde se desenvolve o enredo com muitas aventuras e dramas em treze episódios.

G: Voltando um pouco sobre o polêmico personagem que você interpretou no filme “A Casa de Alice”, conte-me sobre a experiência e sobre os frutos do personagem.
VZ: Lucas foi uma grande experiência em minha vida, porque as relações que ele tem no filme com uma família conflituosa são totalmente o contrário da minha, principalmente com a avó do qual ele tem um grande conflito por descobrir segredos dentro do enredo. E sobre os frutos que colhi, é mais no sentido de conhecer pessoas importantes do cinema brasileiro e a experiência com o diretor Chico Teixeira, essencial no processo de criação dos personagens, que nos deu liberdade para estruturar no filme a relação conturbada dos irmãos com mãe.

G: Sobre a coincidência dos nomes dos seus últimos trabalhos “A Casa de Alice” e a série “Alice”, e as duas personagens totalmente diferentes, existe alguma “Alice” em sua vida?
VZ: Quando fui convidado para fazer parte da série pensei sobre o nome Alice e a coincidência, mas não conheço ninguém com esse nome, cheguei até pensar em numerologia, quem sabe jogar na mega sena (risos), e refletindo sobre os personagens que são muitos contrários, temos Alice do filme, uma mãe que tem um relacionamento complicado com a família e por outro lado Alice da série onde temos uma pessoa descobrindo a si mesma em uma cidade como São Paulo, as duas são muito fortes e tem um relacionamento diferente com meus personagens, descobri por acaso outro dia uma Alice Zinn no Orkut, mas não sei se é realmente meu parente, acho que provavelmente esse será o nome da minha filha.

G: A série se passa em São Paulo e tem muitas locações externas, como você é de Brasília e mora aqui há alguns anos, teve algum lugar de São Paulo que você conheceu por causa da série?
VZ: A Série se passa em grande parte fora de estúdio e sem muitos efeitos, teve vários lugares que fui que nunca tinha conhecido como o edifício COPAN no centro, a Rua Avanhandava, a Igreja da Consolação, e muitas outras locações incríveis dentro de São Paulo, é porque sempre quando se mora no local por mais que viva nunca conhece a cidade inteira.

G: Você é formado em publicidade, queria saber se faria alguma ação para divulgar a série e se viu a campanha da Alice inteira?
VZ: Acompanhei desde o início a campanha com os teasers e achei a criação da identidade visual muito boa da série.

G: Conte para os leitores do Gossip qual o desenvolvimento do personagem para os próximos episódios?
VZ: Posso contar que Nicholas será amigo de Alice e arranjará um emprego pra ela na produtora Tribeca.

G: Teve algum episódio ou cena que você mais gostou de fazer?
VZ: Gostei muito de todos os episódios, mas em destaque os que a Márcia Faria dirigiu (Episódios três e quatro) e das participações de Fábio Lago e Milhem Cortaz no sexto episodio.

G: Quais são os seus próximos projetos?
VZ: Tenho feito alguns testes para filmes e pretendo ir para o México no ano que vem estudar e quem sabe fazer um filme por lá. E fiz um curta metragem que fala sobre “desespero” e espero fazer mais filmes, e ainda uma segunda temporada da Alice.

Vinícius Zinn é formado em Publicidade e Propaganda pela Escola Superior de Publicidade e Propaganda – ESPM e Artes Cênicas no Instituto Fátima Toledo, a série Alice vai ao ar todos os domingos às 21 horas nos Canais HBO pela NET, TVA e Sky.

Ficha Técnica

Alice – Episódio #01: Pela toca do coelho
A cidade vai ganhar uma nova cara.
Ano de Produção: 2008
País de origem: Brasil
Gênero: Drama
Duração: 60
Direção: Karim Aïnouz
Elenco: Andreia Horta, Carla Ribas, Regina Braga, Daniela Piepszyk, Denise Weinberg, Gabrielle Lopez, Juliano Cazarré, Luka Omoto, Vinicius Zinn, Walderez de Barros.

Sinopse

Alice mora em Palmas, Tocantins, onde trabalha como guia turística e vai se casar com Henrique. Quando recebe a notícia da morte do pai, que não via há anos, ela vai a São Paulo para o enterro. Lá encontra a segunda mulher do pai e sua meia-irmã Regina Célia. E acaba ficando na cidade para resolver questões da herança.

FONTE : Gossip.

4 thoughts on “Alice na HBO

  1. Bom eu admiro demais o trabalho da Andrea Horta. Não perco um episódio da série e é impossível não se colocar na pele da Alice. Seus pensamentos, vontades, tristezas….enfim . Vi uma entrevista com o diretor que dizia que um dos objetivos era que as pessoas vissem a vida de uma forma diferente, e com certeza eu estou vendo…tudo de um outro prisma, mas feliz, real, pé no chão. Sobre a Andrea, vi também uma entrvista com ela ,na qual ela disse ter ficado muito triste durante os primeiros 12 episódios….fiquei comovida, triste, sei lá, uma sensação de quere r dar um abraço e falar que tudo vai ficar bem e que o trabalho dela como atriz está sendo maravilhoso e que diretamente inspira muitas pessoas a repensarem suas vidas.
    A todos da equipe meus parabéns!!!
    Vocês tocaram fundo a minha alma….e até eu, que não represento a Alice me vejo desejando fazer coisas que ela faz, chorar, rir, tomar um porre, gritar…se jogar por esse mundão a fora.
    Um abraço
    Laysa

  2. Laysa,

    Eu também acho a Andrea incrivel e estou gostando muito do trabalho dela no Alice, esperamos que tenha uma segunda temporada!
    Abraços

    Fabio Allves

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s